Avaliação de imóvel: como é feita e qual sua importância

Avaliação de imóvel: como é feita e qual sua importância


Vender um imóvel pode ser uma ótima oportunidade de negócio. No entanto, para que seja uma decisão assertiva, é essencial que o bem seja oferecido por um preço competitivo no mercado e, claro, adequado em relação às suas características. Para tanto, existe a avaliação de imóvel.





Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue lendo este artigo e confira os tópicos a seguir:





  • O que é e como funciona a avaliação de imóvel
  • Critérios relevantes na avaliação do imóvel




O que é e como funciona a avaliação de imóvel





A avaliação do imóvel é um procedimento bastante comum quando se quer vender um imóvel por meio de uma imobiliária. Desse modo, o bem passa por um levantamento de informações, inclusive, por uma visita presencial para que seja observado.





Com isso, é possível verificar as suas condições e, assim, determinar um valor apropriado para colocá-lo à venda. Além disso, é comum que o imóvel passe por uma avaliação quando as instituições financeiras estão avaliando pedidos de financiamento.





Afinal, é preciso verificar se o seu preço condiz com a realidade. Os profissionais aptos a avaliarem imóveis são os corretores próprios da imobiliária onde o bem será anunciado. No caso de uma avaliação com o intuito de obter financiamento, o banco pode formar uma comissão própria.





De todo o modo, os profissionais devem ter registro no CNAI - Cadastro Nacional de Auditores Independentes e/ou o Certificado de Avaliador Imobiliário.





Critérios relevantes na avaliação do imóvel





Algumas características do imóvel avaliado são determinantes para estipular o seu valor. Confira a seguir quais são elas:





  • Conservação




É um dos principais critérios na hora de fazer a avaliação do imóvel. Afinal, se o futuro comprador tiver que reformar todo o bem é preciso que o preço seja bastante atrativo e menor do que em relação a um imóvel que não precisa de reparos.





Essa questão não necessariamente está associada com a idade do imóvel, uma vez que existem construções antigas, no entanto, muito bem conservadas. Se assim for, elas são bem valorizadas no mercado.





  • Infraestrutura




Outro aspecto relevante é a infraestrutura do imóvel, sendo que consiste em características como vagas de garagem, zeladoria, portaria, áreas de lazer e acessibilidade. Nesse último, é considerada a existência de rampas, elevadores e outros.





Desse modo, construções com estruturas bem planejadas, o que costuma acontecer com imóveis mais novos, são muito bem valorizadas no mercado.





  • Localização




O local onde está o imóvel é mais um ponto crucial na hora de avaliar um imóvel. A região onde se encontra, a proximidade com o comércio, a disponibilidade de transporte público, os níveis de segurança, etc., são levados em conta. Esses atributos podem ajudar a aumentar o preço do imóvel.





  • Mercado




Mesmo que todos os pontos descritos sejam importantes, pode-se dizer que a situação do mercado imobiliário é o que mais interfere na avaliação do imóvel. Nesse sentido, quando a procura por imóveis está alta, os seus valores costumam subir, já se o setor está em queda, em geral, o valor cai.





Ainda no tema de avaliação de imóveis, quem estiver interessado em comprar um deve conferir outro artigo, que tem os 10 passos para conquistar o apartamento próprio.





Interessado em comprar imóveis? Então, converse com a Open House, onde os corretores encontram os imóveis certos, de acordo com o perfil dos clientes. Escolha um dos seguintes canais:





Telefone – 0800 944-1155





WhatsApp - (91) 98462-6497





Email – contato@imoveisopenhouse.com.br





Site – imoveisopenhouse.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © - Todos os direitos reservados.