Como encontrar casas à venda em Belém, com facilidade de pagamento

Quem mora ou quer morar na capital paraense pode ter acesso a diferentes facilidades de pagamento na hora de adquirir um imóvel. Quer saber quais são elas e como realizar o seu sonho de ter uma casa própria?

Então, continue com a leitura deste artigo e confira, nos tópicos a seguir, as principais dicas de como encontrar casas à venda em Belém, com facilidade de pagamento.

  • Opte por imóveis do tamanho certo
  • Economize através da poupança
  • Poupe o valor de entrada
  • Escolha imóvel na planta
  • Utilize o dinheiro do FGTS
  • Avalie a compra por consórcio
  • Opte por imóveis do tamanho certo

    Existem muitas casas à venda em Belém, só esperando para que você possa realizar o sonho de ter um lugarzinho para chamar de seu. E mesmo que esse sonho pareça distante, há diversas formas de deixa-lo mais próximo de você.

    A primeira dica é investir em um imóvel compacto, apenas com os cômodos que você precisa. Afinal, cada vez mais, as famílias estão menores, então, não tem porque adquirir um lugar muito amplo, que não será bem aproveitado.

    Além disso, mesmo compacto, esses imóveis podem estar em condomínios que oferecem muitos serviços e oferecem qualidade de vida.

    Economize através da poupança

    Para realizar o sonho da casa própria, é importante economizar desde já. Um jeito simples e seguro de fazer isso é guardando, todos os meses, um determinado valor na poupança. Avalie quanto você pode poupar por mês, mesmo que pouco, e se comprometa com essa economia.

    Poupe o valor de entrada

    Além de poupar dinheiro para ajudar, futuramente, a pagar as parcelas de um financiamento ao comprar uma das casas à venda em Belém, guardar dinheiro é importante para dar de entrada. Afinal, uma porcentagem do imóvel é exigida quando a compra é feita, mais uma razão para economizar.

    Escolha imóvel na planta

    Outra maneira de encontrar facilidades de pagamento é escolhendo um imóvel na planta, que costuma ter um valor mais atrativo, já que a mudança para o local pode levar algum tempo. Nesse caso, é possível até mesmo parcelar o valor da entrada, mas apenas escolha imóveis de construtoras confiáveis.

    Utilize o dinheiro do FGTS

    Para escolher entre uma das casas à venda em Belém e realizar o seu sonho, mais uma dica é usar o dinheiro do Fundo de Garantia. Veja se você faz parte do grupo de pessoas que pode utilizá-lo e, se for possível, com ele você pode abater do valor das parcelas ou mesmo usar para dar de entrada.

    Avalie a compra por consórcio

    O consórcio é uma alternativa ao financiamento, sendo vantajoso para quem não possui pressa em se mudar para a sua própria casa, uma vez que isso ocorre só depois que ele for todo pago.

    Por outro lado, permite o financiamento de 100% do valor do bem, sem que haja a cobrança de juros. No entanto, também é essencial buscar empresas de confiança para fazer um consórcio, bem como conferir as possíveis taxas a serem pagas.

    Uma das formas mais econômicas da atualidade é comprar um imóvel pelo MCMV. Porém, é preciso saber antes se o seu perfil se encaixa no programa. Para conferir, veja este artigo e descubra.

    Moradores de Belém e região podem contar com a ajuda da Open House, que é especializada em encontrar imóveis de acordo com o perfil do cliente.

    Então, ligue para o telefone 0800 944-1155 ou envie uma mensagem pelo WhatsApp (91) 98462-6497 ou no e-mail contato@imoveisopenhouse.com.br.

    Se preferir, é possível também acessar o site imoveisopenhouse.com.br.

    Saiba como é possível ter sua casa própria agora

    Realizar o sonho da casa própria, quem é que não quer? E embora esse sonho pareça distante para as pessoas, a verdade é que com organização e planejamento ele pode ficar muito mais próximo de se concretizar.

    Ficou interessado no assunto e quer saber mais? Então, continue com a leitura deste artigo e veja, nos tópicos a seguir, tudo sobre como é possível ter sua casa própria agora.

  • Poupe dinheiro desde já
  • Analise a sua situação pessoal
  • Saiba todos os custos envolvidos
  • Escolha um imóvel que entre no orçamento
  • Pesquise muito em locais confiáveis
  •  

    Poupe dinheiro desde já para a casa própria

    Você pode não comprar a sua casa própria hoje mesmo, mas agora é o momento certo de começar a poupar, caso queira realizar esse sonho o quanto antes. Afinal, se você não receber uma herança ou ganhar na loteria, é bem provável que tenha que fazer um financiamento.

    Hoje, é possível pagar prestações que cabem no seu bolso, fazendo a escolha certa. Mesmo assim, é preciso dar um valor de entrada e, claro, ter dinheiro para as parcelas, sem que isso afete os demais custos que você continua tendo. Portanto, economizar vai ajudar você em todas essas questões.

     

    Analise a sua situação pessoal

    A partir do momento que você começa a poupar para comprar um imóvel, é preciso analisar quando é a hora certa para realizar a aquisição. Pode ser esse ano ou no ano que vem, o mais importante é identificar que se trata de um bom momento.

    Se você iniciou a sua carreira há pouco, analise bem se possui a estabilidade necessária para um grande investimento. O mesmo serve para quem mora com os pais, afinal, é possível esperar mais um pouquinho. O melhor é não se precipitar e continuar economizando.

     

    Saiba todos os custos envolvidos da casa própria

    Não pense que basta ter o dinheiro para dar de entrada na compra da casa própria e o dinheiro para pagar as parcelas do financiamento todos os meses. Além desses custos, existem outros, como as despesas com o cartório, bem como para a avaliação e da análise jurídica do imóvel.

    Existe ainda o ITBI – Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis. Portanto, saiba quais são todos eles, coloque na ponta do lápis e faça os cálculos para iniciar o financiamento na hora certa.

    Além desses custos, que são pagos apenas uma vez no momento da compra, você ainda terá custos mensais, como por exemplo as taxas se for um condomínio, e também as reformas que podem ser necessárias com o tempo.

    Escolha um imóvel que entre no orçamento

    Por mais que você encontre um imóvel que tenha adorado e queira comprar, é essencial ser realista e avaliar se ele cabe no seu orçamento. Muitas vezes, amplos apartamentos e casas são encantadores, mas você precisa de tanto espaço? Então, seja racional e escolha um imóvel que você possa pagar sem atrasos.

     

    Pesquise muito e em locais confiáveis

    Mais uma dica para saber como é possível ter sua casa própria é pesquisando muito. Ou seja, mesmo que o primeiro ou segundo imóvel que tenha visitado pareça perfeito, visite muitos outros. Quanto mais, melhor. E claro, sempre por meio de imobiliárias confiáveis, para que você possa fechar um ótimo negócio.

    Outro ponto importante a ser pesquisado é sobre a localização do imóvel, que deve ser de acordo com suas necessidades. Sobre esse assunto, confira um artigo que fala sobre como escolher o bairro ideal antes de comprar sua casa.

    Conte com o auxílio dos consultores da Open House, que já ajudaram mais de 1.000 famílias a realizarem o sonho da casa própria. Ligue para o telefone 0800 944-1155, envie uma mensagem pelo WhatsApp (91) 98462-6497 ou no e-mail contato@imoveisopenhouse.com.br.

    Você também pode acessar o site imoveisopenhouse.com.br.

    Fuja do aluguel com o programa Minha Casa Minha Vida!

    Pagar aluguel é uma situação frustrante, pois o dinheiro pago é considerado um desperdício para muitas pessoas, já que o imóvel não é delas.

    Nesse sentido, o MCMV, programa do governo federal, é uma alternativa excelente, oferecendo muitas facilidades de pagamento na aquisição de um imóvel.

    Quer saber quais são elas? Então, continue com a leitura deste artigo e fuja do aluguel com o programa Minha Casa Minha Vida, conferindo os tópicos a seguir.

    • Como funciona o Programa Minha Casa Minha Vida

    • Vantagens do Programa Minha Casa Minha Vida

     

    Como funciona o Programa Minha Casa Minha Vida

     

    O Programa Minha Casa Minha Vida existe desde 2.009 e foi criado pelo governo federal. O seu objetivo é facilitar o financiamento da casa própria, para que todos os brasileiros consigam realizar esse sonho.

    Para quem quer participar do MCMV e receber todos os benefícios, o primeiro passo é entender se você possui o perfil de enquadramento no MCMV, uma vez que é preciso se enquadrar em alguns critérios para conseguir o subsídio habitacional, por exemplo. As principais beneficiadas são as famílias de baixa renda.

    Quando a pessoa interessada é aprovada e recebe o subsídio habitacional, o valor pode tanto ser usado para pagar o valor da entrada, quanto para reduzir o valor do financiamento e ajudar a diminuir os valores das parcelas.

     

    Vantagens do Programa Minha Casa Minha Vida

     

    Para participar do Programa Minha Casa Minha Vida, é preciso ter, no mínimo, 18 anos de idade, ser brasileiro ou, no caso de estrangeiro, ele deve estar devidamente naturalizado, e não possuir em seu nome nenhum outro imóvel. Outro critério é que também não pode ter sido beneficiado com nenhum outro programa habitacional do governo.

    Já o valor recebido como subsídio depende de alguns aspectos, entre eles a renda do interessado ou da família, bem como região, preço e idade do imóvel que se quer financiar. Em geral, ocorre da seguinte maneira: quanto menor a renda, maior é o valor do subsídio. Isso acontece justamente para ajudar as pessoas a terem seu imóvel próprio.

    O beneficiado do programa deve estar atento a outros gastos que terá, além do pagamento do imóvel em si. Entre esses gastos está o registro de imóvel no cartório, que não é subsidiado pelo governo. Por isso, é essencial financiar um imóvel que se encaixe nas suas possibilidades financeiras.

    Outra grande facilidade para quem deseja financiar imóvel por meio do Programa Minha Casa Minha Vida é o uso do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, para dar de entrada ou contribuir com o pagamento das parcelas. Usar o FGTS faz com que o pagamento fique muito mais facilitado.

    Você, que tem a intenção de comprar um imóvel pelo MCMV, pode ver outro artigo, que explica mais fatores sobre como se enquadrar para a compra.

    A Open House é especialista em encontrar imóveis de acordo com o perfil dos seus clientes e também tem diversos imóveis do programa Minha Casa Minha Vida. Fale com nossos corretores e saiba mais.

    Telefone: 0800 944-1155

    WhatsApp: (91) 98462-6497

    E-mail: contato@imoveisopenhouse.com.br

    Site: imoveisopenhouse.com.br

    10 Dicas de economia para quem quer comprar uma casa

    Comprar uma casa ou apartamento é o sonho de muitos brasileiros. Porém, é preciso ter alguns cuidados financeiros, de modo a assegurar o pagamento. Nesse sentido, apresentamos as 10 dicas de economia para quem quer comprar uma casa que, com certeza, facilitam a aquisição do imóvel.

    Dica 1 – Economize dinheiro

    A primeira dica para comprar a sua casa própria é economizando dinheiro, independente da forma que você realizar a aquisição. Mesmo se optar pelo financiamento, economizar é importante, pois é preciso dar uma entrada, que pode variar de 10 a 30% do valor do imóvel.

    Dica 2 – Avalie o melhor momento

    Também é necessário avaliar o momento certo, inclusive, ao financiar a sua casa. Isso porque o pagamento das parcelas se estende por anos e você deve sempre pagar em dia. Caso contrário, corre o risco de até mesmo perder todo o investimento feito. Então, você está pronto?

    Dica 3 – Some as despesas totais

    Ao decidir pela compra de uma casa, não basta analisar se pode pagar todas as parcelas. Afinal, existem outras despesas, como os gastos com documentos e a transferência do imóvel para o seu nome.

    Dica 4 – Escolha a localização certa

    Decidir pela localização certa para a sua futura casa é mais uma dica de economia, pois isso pode interferir nas suas despesas. Se o imóvel for bem localizado, por exemplo, pode gastar menos com transporte ou com a segurança da sua residência.

    Dica 5 – Não tenha pressa

    Outra dica essencial ao decidir pela compra de uma casa é não ter pressa. Como diz o ditado, a pressa é inimiga da perfeição. O melhor é visitar o máximo de imóveis possíveis, avaliar bem as opções, inclusive sobre onde fazer o financiamento.

    Dica 6 – Verifique os gastos posteriores

    É necessário ainda verificar quais os gastos que há depois de comprar o imóvel, como IPTU e, se for um apartamento, tem ainda o valor do condomínio. Portanto, é preciso analisar se você vai conseguir pagar todos esses custos, além das parcelas mensais.

    Dica 7 – Opte por um imóvel acessível

    Ao adquirir a sua casa própria, o mais adequado é escolher um imóvel com valor acessível, conforme o seu padrão de vida, para evitar dívidas. Elas podem até fazer com que você o perca, em caso de inadimplência.

    Dica 8 – Veja se atende suas necessidades

    Além de comprar imóvel com preço que caiba no seu bolso, é essencial que ele ofereça tudo o que você precisa, como número necessário de quartos, por exemplo. Então, deve-se pesquisar bastante para encontrar o local certo para você.

    Dica 9 – Pense no futuro

    Pensar nas suas necessidades futuras também é uma dica de economia, pois evita que você tenha que comprar outro imóvel antes mesmo de acabar as parcelas do primeiro. Para tanto, pense se a casa deve ser maior, por exemplo, caso queira ter filhos em breve.

    Dica 10 – Considere os serviços do condomínio

    Mais uma dica para economizar ao comprar a sua casa é conferir os serviços oferecidos pelo condomínio, caso adquira um apartamento ou uma casa em condomínio fechado. Alguns contam com academia, lavanderia, sala de jogos e outros, o que pode ser vantajoso para o seu bolso.

    E falando em economia, agora descubra como evitar 5 erros que muitas pessoas cometem quando compram um apartamento. Assim, você não corre o risco de perder dinheiro!

    Interessado em comprar um imóvel? Fale com a equipe da Open House, especializada em atendimento online e também em encontrar imóveis de acordo com o seu perfil, preferências e disponibilidade financeira.

    Telefone: 0800 944-1155

    WhatsApp: (91) 98462-6497

    E-mail: contato@imoveisopenhouse.com.br

    Site imoveisopenhouse.com.br

    Faça primeiro um planejamento financeiro antes de comprar seu imóvel

    É o sonho de praticamente todos ter a casa própria. Contudo, antes de comprar seu imóvel, um planejamento financeiro é importante.
    Organizando suas finanças você se mantém mais perto dos seus objetivos e também conhece seus limites. Pois apesar de ser um sonho ter uma casa ou apartamento, é necessário manter os pés no chão em termos de dinheiro.
    Um passo em falso aqui e isso poderá causar impactos negativos para você e toda a sua família.
    Mas, por onde começar o planejamento financeiro com foco na compra de um imóvel? Para isso, nós separamos aqui algumas dicas que darão o norte que você precisa agora.

    O que é planejamento financeiro?

    O planejamento financeiro pode ser visto como o mapa que te levará até seu destino: nesse caso, comprar seu imóvel.

    E esse planejamento trata-se da organização das suas finanças realizado por meio de uma análise da sua atual situação financeira, compreendendo também a definição de objetivos e metas.

    Analisar sua situação financeira diz respeito a saber como você e seus familiares têm lidado com o dinheiro. Você sabe onde está e aonde precisa chegar.

    Já quanto à definição de objetivos e metas, isso te ajuda a manter o foco e saber como cada ação e decisão envolvendo dinheiro impacta em sua jornada.

    Em suma, o planejamento financeiro te ajuda a manter as suas finanças em dia. Sem contar que com ele você poderá agora tomar decisões mais assertivas.

    O básico para iniciar

    Muitos sabem que comprar um imóvel não é uma tarefa simples. Por isso comece organizando suas finanças: anote tudo o que entra e tudo o que sai.

    Você pode usar para isso uma planilha ou mesmo alguns aplicativos para celular ou para computador, existem vários gratuitos e muito simples de serem usados.

    O importante é entender suas finanças e, com isso, saber suas possibilidades, seus limites.

    Esse é o primeiro e mais essencial passo para iniciar um planejamento financeiro eficaz.

    Estabeleça objetivos e metas

    “Eu quero comprar um imóvel de valor “x”, localizado no endereço “y” e que tenha “z” quantidades de quartos, duas cozinhas, churrasqueira, etc.

    Para isso preciso guardar “x” valor para entrada e posso financiar o restante em “w” parcelas”. Esse seria um exemplo de objetivo.

    O estabelecimento de objetivos te ajudará a se organizar melhor financeiramente. O quanto você precisa guardar? Até quando precisa ter esse valor disponível?

    Com a definição de objetivos (por exemplo, comprar um imóvel), depois você estabelece metas (coisas que precisa fazer para estar mais perto desse objetivo) e estratégias que deve seguir para conquistar esses objetivos.

    Assim, segundo o objetivo definido para comprar seu imóvel você pode definir metas específicas, por exemplo:

    – Preciso juntar um certo valor por uma certa quantidade de meses, posso aplicar esses valores no investimento “x” e terei um lucro de “y” em até “z” meses.

    A melhor opção para você

    Depois de analisar sua situação financeira e estabelecer objetivos e metas, veja qual a melhor forma de pagamento. Você pode optar por adquirir o imóvel à vista (uma opção, infelizmente, para poucos) e pode também optar pelo financiamento.

    Aquisição de imóvel pelo MCMV

    Há como conseguir financiar seu imóvel através do programa do governo federal Minha Casa Minha Vida (MCMV). Essa é uma opção para quem busca economia e maior praticidade.

    Não iremos nos entender muito aqui porque já fizemos um artigo falando sobre o MCMV, basta acessar aqui: saiba se você pode comprar um imóvel no programa Minha Casa Minha Vida.

    Use o seu FGTS

    Você também pode usar o seu saldo do FGTS para comprar seu imóvel.

    O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) é um tipo de “poupança” que o governo impõe obrigatoriamente aos trabalhadores. Assim, caso aconteça alguma eventualidade, tem-se esse dinheiro disponível. E é possível usar esse saldo também para adquirir um imóvel.

    Para saber mais sobre como ter acesso ao seu FGTS e checar se você está enquadrado nas condições para isso, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal e estar com seus documentos e o número do seu PIS/PASEP em mãos.

    Invista para ter um bom retorno

    Citamos aqui investimento. Falamos nisso porque deixar o dinheiro parado embaixo do colchão é um prejuízo para seu bolso. Por isso, encontre uma opção de investimento que lhe conceda um bom retorno.

    Nesse caso, opte por investir o dinheiro numa aplicação de baixo risco, algo com mais segurança como investimentos de renda fixa. Você mantém seu dinheiro guardado, evitando desvalorização e ainda tem lucros interessantes a depender do valor aplicado e tempo que o mantém ali.

    Para finalizar

    Seguindo essas orientações, então você estará no controle da sua vida financeira. Saberá agora para onde seu dinheiro está indo, como cortar aqueles gastos desnecessários (o que pode fazer grande diferença para conquistar seu objetivo), etc.

    E se você quer buscar um imóvel que esteja dentro do seu orçamento, saiba que a Open House pode te auxiliar. Entre em contato com a gente por um dos meios abaixo:

    Telefone: 0800 944-1155

    WhatsApp: (91) 98462-6497

    E-mail: contato@imoveisopenhouse.com.br

    Site: imoveisopenhouse.com.br

    5 dicas para você fazer o financiamento da sua casa própria

    Pretende fazer o financiamento da sua casa própria? Antes de tomar essa decisão tão importante, veja as dicas que trouxemos aqui para você.
    Dentre os principais objetivos dos brasileiros está a conquista da casa própria. Porém, nem todos conseguem o valor necessário para tirar esse sonho do papel, sendo aí que entra o financiamento imobiliário, tendo crédito em mãos para conquistar seu sonho mais rápido.

    Mas é necessário estar atento a alguns pontos.

    Por isso listamos a seguir 5 dicas importantíssimas para quem pretende comprar um imóvel através de financiamento.

    1 – Faça um levantamento das suas finanças

    Você sabe o passo mais importante para quando for fazer um financiamento imobiliário? Colocar no papel o quanto você ganha e o quando você gasta mensalmente. É a partir disso que você consegue se organizar e saber qual a melhor opção de financiamento:

    – Você saberá qual a faixa de preço do apartamento que pode adquirir;

    – E saberá também qual parcela cabe no seu orçamento.

    E esse levantamento pode ser das finanças de apenas uma pessoa ou de todos os membros da família. Isso ainda ajudará a instituição financeira a avaliar a sua capacidade de pagamento.

    Também, tenha como comprovar renda: isso pode ser feito com contracheque, declaração do imposto de renda, extrato bancário ou mesmo com holerite.

    2 – É possível conseguir a aprovação do financiamento antes mesmo de encontrar um imóvel

    Para que você consiga se organizar direitinho, sabia que é possível conseguir o financiamento antes mesmo de ter encontrado o imóvel dos seus sonhos?

    Assim, se o financiamento for aprovado, você recebe a chamada “carta de crédito” do banco. Essa carta, com validade de pelo menos três meses, será a sua garantia de que terá em mãos a quantia para adquirir o imóvel desejado.

    Depois você poderá analisar o imóvel com calma, ver se não existem pendências, se a documentação está em dia, etc.

    Pesquisar o financiamento antes de pesquisar a casa que deseja também te ajudará a saber o quanto consegue financiar e não ficar depois encantando com uma casa e sair em busca de um financiamento que cubra esse valor (podendo ser um valor que fuja das suas possibilidades).

    3 – Saúde financeira

    Outra coisa que pode te ajudar é manter sua vida financeira em dia. Com seu score alto, há chances de conseguir um financiamento a juros menores.

    E sabemos que se tratando de financiamento de imóveis, taxas pequenas como 0,03% sobre o valor do imóvel podem se tornar em quantias significativas de dinheiro. Para isso é importante que você mantenha suas finanças em dia.

    Temos um artigo que é importante você conferir, nele falamos sobre o momento ideal para comprar um apartamento.

    4 – Financiamento com prestações decrescentes

    O financiamento com prestações decrescentes é uma opção muito vantajosa, pois pode ter um custo total menor. Esse financiamento também é conhecido como Sistema de Amortização Constante (SAC).

    Basicamente, esse financiamento possibilita que você comece pagando parcelas mais altas e ao longo do contrato (conforme for pagando as parcelas) elas vão diminuindo.

    5 – Pesquise, pesquise e pesquise

    Aproveite o tempo para pesquisar as oportunidades de imóveis, assim como as instituições financeiras que podem oferecer as melhores condições.

    Também é importante pesquisar as imobiliárias, procurando as que oferecem maior qualidade no atendimento e que tenham as melhores oportunidades em imóveis.

    Não tenha pressa. A pesquisa pode te ajudar, e muito, na realização do seu sonho da casa própria.

    Se você precisa de ajuda ou quer obter mais informações sobre financiamento de imóveis, não hesite em falar com a Open House. Nossos contatos:

    Telefone: 0800 944-1155

    WhatsApp: (91) 98462-6497

    E-mail: contato@imoveisopenhouse.com.br

    Site: imoveisopenhouse.com.br

    FGTS para compra de imóvel: tudo o que você precisa saber

    Neste artigo vamos responder as principais dúvidas sobre a utilização do FGTS para compra de imóvel.

    O FGTS, sigla para “Fundo de Garantia do Tempo de Serviço”, é uma espécie de “poupança” que o governo determinou em 1966, onde cerca de 8% do salário de um empregado (8% do ganho bruto mensal dele) é extraído e vai se acumulando para formar um fundo que presta amparo ao trabalhador em caso dele ser dispensado.

    Desse modo, se um trabalhador for demitido, então ele possui esse valor para resgatar e utilizar.

    O saque do FGTS somente é permitido mediante algumas situações previstas por lei, sendo que a aquisição da casa própria é uma dessas situações. E você pode fazer isso sem precisar quebrar o vínculo de emprego com a empresa na qual trabalha.

    A seguir apresentaremos as regras para sacar esse valor e como você pode utilizá-lo para comprar seu imóvel.

    Maneiras de usar o FGTS para compra de imóvel

    Existem três formas de usar o valor do FGTS para a compra de um imóvel. A primeira delas seria usar a quantia para a aquisição feita à vista, no caso do valor a receber ser alto.

    Outra forma de usar o FGTS seria para dar como entrada no valor do imóvel.

    Cabe aqui dizer que o uso do fundo de garantia pode fazer com que os juros do valor do imóvel diminuam, pois o FGTS serve para a imobiliária ou para a construtora como uma espécie de garantia, já que elas veem isso como uma quantia preservada que podem receber, podendo você, assim, negociar juros menores.

    Por fim, o FGTS pode ainda ser usado para dar entrada no financiamento imobiliário. Desse modo você consegue realizar seu sonho da casa própria e ainda se organizar financeiramente.

    Como sacar o FGTS para compra de imóvel

    Para fazer a solicitação do seu FGTS basta seguir os passos apresentados a seguir.

    A primeira coisa a ser feita é a consulta do seu saldo do FGTS. Para isso basta acessar o site da Caixa Econômica indo para a seção de FGTS aqui.

    Lá, basta clicar em “Consulte seu FGTS” e na próxima tela informar seu NIS e senha (ou crie uma conta, caso não tenha uma).

    Desse modo você saberá qual o valor disponível e poderá se organizar financeiramente. Sabendo se o valor será para a compra ou para a amortização, por exemplo.

    O próximo passo será reunir os documentos necessários como RG, CPF, Comprovante de Residência, Cartão Cidadão ou número do PIS seu e, caso seja casado, do seu cônjuge também. Em seguida, você pode trazer todos os documentos na Open House, onde um consultor fará a verificação.

    E aproveitamos aqui também para recomendar um artigo onde abordamos sobre como escolher um bairro ideal para morar. Essa é uma etapa importantíssima de quem vai investir em um imóvel, de forma a garantir conforto e segurança para a família toda.

    Condições para o uso do FGTS na aquisição da casa própria

    Para que você consiga a liberação do FGTS para compra de imóvel, faz-se necessário seguir algumas regras:

    – Você precisa possuir pelo menos 3 anos de lançamentos no FGTS para possuir direito ao saque do valor;

    – Não pode ter outro financiamento ativo no SFH (Sistema Financeiro de Habitação) em seu nome;

    – Você não pode ter outro imóvel em seu nome ou estar usufruindo de algum imóvel localizado em área urbana, seja o imóvel pronto ou em fase de construção;

    – O imóvel adquirido precisa ser usado para fins residenciais do titular;

    – E o imóvel que você pretende adquirir passará por uma vistoria a fim de constatar que ele se encontra em boas condições para moradia (sem apresentar riscos ao morador).

    Importante: na declaração de Imposto de Renda, o valor do FGTS deve ficar em “Rendimentos Isentos e não Tributáveis”. E sobre o FGTS usado na aquisição do imóvel não incidirá nenhum tipo de cobrança de imposto.

    Você ainda tem dúvidas sobre o uso do FGTS para compra de imóvel? Então entre em contato com os especialistas da Open House. Teremos o maior prazer em auxiliar você!

    Telefone: 0800 944-1155

    WhatsApp: (91) 98462-6497

    Email: contato@imoveisopenhouse.com.br

    Site: imoveisopenhouse.com.br

    Apartamento na planta: um investimento que você deve fazer agora

    Investir em um apartamento na planta é uma excelente oportunidade.

    A sensação de sair do aluguel e morar num espaço que é seu é realmente maravilhosa. E essa é uma das maiores decisões tomadas na vida de muitas pessoas.

    Mas a compra de um apartamento na planta seria mais vantajosa do que comprar um imóvel já pronto?

    Esse é um investimento que não confere apenas em benefício econômico, mas existem ainda outras vantagens nessa escolha e sobre as quais abordaremos aqui hoje.

    Nós também temos um artigo que recomendamos a leitura para quem pretende comprar um apartamento: 10 passos para conquistar seu apartamento próprio.

    Por que investir em um apartamento na planta?

    Listamos aqui algumas das vantagens que você tem ao optar por um imóvel na planta.

    Sem dores de cabeça com manutenções

    Como um apartamento na planta é novo, uma grande vantagem é não ter que se preocupar com manutenções e reparos por agora (e, quando bem feitos, nem por um bom tempo).

    Já que as instalações hidráulicas, elétricas, entre outras, foram realizadas recentemente, com tudo novo, a probabilidade é de que você só vai precisar fazer algum ajuste dentro de uns bons anos.

    Claro que haverá alguns detalhes relacionados com o acabamento do imóvel que você terá que rever, mas apenas isso.

    Valorização do imóvel

    A valorização é outra vantagem que faz com que muitos optem por um apartamento na planta. Ele pode ser visto, nesse caso, como um investimento.

    Caso você compre um imóvel na planta num bairro valorizado (ou com potencial de crescimento) e em um local bem planejado, com investimento em infraestrutura (construção de shoppings, melhorias em transporte, escolas e comércios, etc), você poderá ter ganhos excelentes depois.

    Economia na aquisição do seu imóvel

    A que pode ser vista como principal vantagem da aquisição de um apartamento na planta é, sem dúvidas, a economia que você terá. Esse possui um valor mais acessível se comparado com a compra de um imóvel pronto.

    E as construtoras oferecem opções bastante viáveis para os clientes. Sem contar que, pelo imóvel ainda estar sendo construído, os custos podem ficar menores do que no caso de um apartamento pronto. Assim, para quem busca economia para sair do aluguel e conquistar sua casa própria, essa é a opção ideal.

    Planejamento na aquisição

    Não bastasse a economia, quem opta por um imóvel na planta ainda tem como vantagem ter tempo para se planejar. Com isso, você pode fazer o planejamento financeiro, sendo que, geralmente, 30% do valor é pago ainda na fase de construção e o valor restante (70%) é pago assim que a obra é concluída (valor esse que pode ser parcelado).

    A possibilidade de personalização

    Ao contrário do que seria no caso de comprar um imóvel pronto, ao adquirir um imóvel na planta você tem a possibilidade de adaptar os acabamentos segundo as suas necessidades e gostos. Por exemplo: você pode escolher o tipo de piso, os azulejos, pode definir as instalações das bancadas, entre outros.

    Outra vantagem aqui é que existem construtoras que até mesmo permitem que sejam feitas pequenas alterações no projeto. Isso não acontece ao comprar um imóvel pronto.

    E essas são apenas algumas das vantagens que a aquisição de um imóvel na planta pode oferecer.

    Fale com a Open House

    Precisa de ajuda para comprar um apartamento na planta? Conte com a Open House e nossa equipe de especialistas.

    Telefone – 0800 944-1155

    WhatsApp: (91) 98462-6497

    Email – contato@imoveisopenhouse.com.br

    Site – imoveisopenhouse.com.br

    Qual o melhor momento para comprar apartamento à venda?

    Comprar um apartamento à venda é o sonho de muitos brasileiros. Logo, se sentir confuso quanto ao melhor momento para fazer essa aquisição é também bastante comum.

    A compra de um apartamento é uma decisão que precisa ser ponderada. É necessário haver um planejamento e ser feita uma análise detalhada do mercado e também saber se esse é o momento ideal para você tomar essa decisão.

    Hoje aqui buscaremos trazer informações que possam te ajudar a identificar qual a hora certa para adquirir seu imóvel.

    Estabilidade financeira

    Não adianta de nada avistar uma oportunidade para comprar um apartamento à venda se a sua situação financeira não é estável.

    Se você está desempregado, possui outra dívida de valor elevado ou mesmo ainda não realizou um planejamento financeiro, então não é um bom momento tomar a decisão de comprar um apartamento à venda.

    É necessário possuir estabilidade financeira para conseguir arcar com seus compromissos e, assim, evitar dores de cabeça. Ainda mais se adquirir o imóvel por meio de financiamento, onde parte do seu salário será comprometido com isso.

    Melhores condições para a aquisição de um imóvel

    Apesar de tudo, o mercado imobiliário apresenta hoje condições de aquisição mais facilitadas. Os donos de imóveis, por exemplo, estão dispostos a negociar a fim de fechar a venda.

    Também, outras vantagens é que nos último anos é possível conseguir descontos e condições mais facilitadas e que se enquadrem com suas possibilidades. Existem também os programas sociais concedidos que ajudam a realizar o sonho da casa própria.

    Definir o imóvel ideal

    Existem muitas coisas importantes a se saber antes de comprar um apartamento. Inclusive, temos um artigo aqui no blog falando melhor sobre isso: tudo o que você precisa saber antes de comprar imóveis.

    Dentre essas coisas essências, o primeiro passo antes buscar um apartamento à venda de é definir o imóvel ideal.

    Você tem filhos ou planeja ter? Precisa de um imóvel que fique perto do seu trabalho? Qual o tipo de imóvel você consegue se imaginar morando por 5 anos ou mais? Costuma receber muitas visitas? Gostaria de ter seus familiares e amigos por perto? Tudo isso deve ser levado em consideração.

    Com essas e outras informações você consegue definir o tipo de imóvel e ainda o bairro onde deseja residir, por exemplo. E, também, consegue identificar se agora é o momento ideal para fazer a aquisição.

    Você tem uma reserva de emergência?

    Caso você adquira o seu imóvel por meio de financiamento, se por ventura ocorrer algum imprevisto agora, você teria como arcar com as parcelas de 2 ou 4 meses, por exemplo? Você dispõe de uma reserva de emergência para essas horas?

    Podemos até pensar que estamos bem agora, mas os imprevistos acontecem e não tem hora, não avisam.

    É por isso que é extremamente importante fazer um planejamento antes de qualquer outra coisa.

    É essencial rever alguns pontos e analisar se agora é o momento certo para você dar esse passo tão importante. Se a resposta for positiva, cabe ainda dizer que é extremamente importante contar com a ajuda de um profissional para encontrar as melhores oportunidades para você.

    Por falar nisso, saiba que a Open House te ajuda a encontrar o apartamento que será perfeito para atender às suas necessidades. Fale com um de nossos consultores agora.

    5 erros que as pessoas cometem quando vão comprar apartamentos

    O momento de comprar um novo apê é de muita alegria. Mas o excesso de empolgação pode fazer com que muitos cometam alguns erros. E hoje aqui listamos 5 erros que as pessoas cometem quando vão comprar apartamentos e que você deve evitar a fim de fazer uma boa aquisição.
    Cabe ainda dizer que esses erros aqui são mais comuns do que parecem e, se não solucionados, podem transformar seu sonho em pesadelo.

    1 – Comprar por impulso

    O primeiro dos erros que as pessoas cometem quando vão comprar apartamentos aqui da nossa lista: deixar a emoção guiar. E esse é um dos piores.
    Essa é uma decisão crucial para sua vida, pois ditará o local onde você irá morar por um bom tempo ou mesmo por toda a vida.
    Logo, deixe as emoções um pouco de lado e use seu lado racional: considere todos os aspectos da vida, suas necessidades, necessidades dos familiares (ou faça projeções para quando for constituir uma família). Esse momento deve ser muito bem pensado e depois você pode liberar as emoções para comemorar sua escolha.

    Recomendação: não deixe de conferir o artigo onde apresentamos os 10 passos para comprar um apartamento.

    2 – Deixar de fazer a vistoria no imóvel

    Sim, muitas pessoas adquirem um apartamento e nem sequer sabem o que estão comprando. Caso não seja feita uma vistoria no local, você estará jogando com a sorte (e sabemos que dinheiro e sorte não combinam muito bem).
    É totalmente desaconselhado adquirir apartamentos sem realizar uma vistoria e obter informações sobre o imóvel e sua construção.
    Em suma, você adquirirá um imóvel que não conhece, que não sabe sobre o seu real estado.
    Possuir um laudo de vistoria técnica é algo fundamental e também uma garantia para você. Inclusive, uma garantia legal do estado do imóvel. É uma maneira de saber o que a primeira vista não é possível: detalhes sobre a estrutura do mesmo e suas condições.

    3 – Não fazer simulações

    Caso vá adquirir seu imóvel por meio de financiamento, é importante fazer quantas simulações forem possíveis. E isso porque cada instituição oferece condições e prazos diferenciados.
    As simulações te ajudarão a se organizar e fazer planejamentos com metas e objetivos mais claros.

    4 – Visitar o imóvel somente uma vez

    Outro dos erros que as pessoas cometem quando vão comprar apartamentos é visitar o imóvel somente uma vez.
    Visitar o local em diferentes períodos do dia, por exemplo, é uma maneira de conhecer a vizinhança, sobre o comércio, a estrutura do prédio em si, etc. Sem contar que não é indo lá apenas uma vez que você tomará essa que é uma decisão tão importante.
    É preciso analisar bem o local e conferir se ele atende às suas necessidades ou as necessidades dos seus familiares.

    5 – Esquecer de verificar a documentação

    A compra de um imóvel é um passo importante em sua vida e na vida da sua família. O que irá gerar mais segurança e conforto para todos. Mas é necessário certificar-se de eu o imóvel se encontra devidamente legalizado e com todos as documentações em dia.
    Com a ajuda de um profissional você precisará analisar os documentos cuidadosamente. Faz-se crucial que a documentação fornecida possua todas as informações sobre o imóvel em questão.
    Uma maneira de adquirir seu imóvel próprio de forma segura e tranquila é contando com uma imobiliária séria e comprometida com o cliente. Nesse caso, a Open House pode te ajudar. Somos uma imobiliária que atua em Belém do Pará e trabalhamos com compra e venda de imóveis e também com aluguel.

    Copyright © - Todos os direitos reservados.